fbpx

Segmentos que mais demandam o controle de ponto

Segmentos que mais demandam o controle de ponto

Dia após dia as empresas adotam métodos para desenvolver seus processos e melhorar a qualidade na construção de produtos ou prestação de serviços. É muito comum o uso do controle de ponto. E, é através dele que são coletadas as informações acerca da jornada de trabalho dos colaboradores.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Muitos pensam que o controle de ponto é um sistema ruim e que tem a finalidade de espionar os funcionários, entretanto vai muito além disso. Esse controle serve, não somente para identificar a jornada de trabalho, mas também para garantir que sejam cumpridos os direitos e deveres de ambas as partes.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As ferramentas de controle de ponto foram evoluindo ao longo do tempo, desde o ponto manual até os sistemas digitais atuais. No Brasil, o controle de ponto passou a ser utilizado a partir da década de 1980 com a criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Por meio de um controle de ponto, a empresa pode alcançar uma gestão mais eficiente, compreendendo as carências do negócio, atrasos, faltas e até mesmo as horas extras. Com essas informações, podem ser tomadas decisões para promover ações com a finalidade de melhorar o seu desempenho.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Além de melhoria na gestão, o sistema de controle pode reduzir bastante os erros na folha de pagamento, esses registros previnem pagamentos indevidos. E, a empresa fica protegida juridicamente com os registros da frequência do trabalhador podendo provar, caso venha a sofrer alguma acusação trabalhista no futuro.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Por mais que muitas empresas já adotaram o sistema de controle de pontos, ainda existem as que não se atentaram à ferramenta, como é o caso dos empreendimentos que possuem poucos funcionários.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Organizações de grande porte são as que, geralmente, utilizam sistemas mais eficientes devido a quantidade de colaboradores que chega ser extensa, como é o caso das indústrias.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Segmentos que demandam grande produção como, por exemplo, siderúrgicas, indústrias automobilísticas, de construção, vestuário, calçados e alimentos e bebidas são os que mais utilizam o controle de ponto
Ao pensar em uma gestão mais efetiva, vemos possibilidades para melhorar os processos. O controle de ponto pode ser feito de várias formas, conheça as tipos:

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Ponto manual

O controle manual é conhecido como “livro de ponto”, no qual os funcionários anotam seus horários de entrada, almoço e saída. Esse modelo segue as determinações da lei, mas é um dos meios menos seguros que existem para controle de jornada, pois é muito fácil rasurar uma folha de ponto, além de estar sujeito a erros operacionais na conferência das informações.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Ponto mecânico

Ele funciona por meio de um cartão, que o funcionário insere na máquina e carimba os horários. Esse formato dificulta a fiscalização, além de ser necessário transferir todas informações para outro lugar no final do mês, isso pode gerar erros.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Controle alternativo

O controle de ponto alternativo é a inovação do registro de ponto. Pois se trata de um software online que pode ser acessado de celulares, tablets e computadores e todos os dados são transferidos para o sistema.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Afinal, qual é o melhor método de controle de pontos? Se sua empresa preza pela eficiência, qualidade e segurança, você deve optar pelo sistema de ponto alternativo.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Temos uma plataforma de gerenciamento completo de jornada de trabalho que facilita as atividades do RH e dos colaboradores da empresa. Nosso sistema é adaptado também para o modelo home office e você ainda pode aproveitar 14 dias gratuitos. Clique aqui e confira.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Geovana
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website